domingo, 21 de março de 2010

VENCEDORES DO 39º CONCURSO DE REDAÇÃO DOS CORREIOS

Leia as cartas vencedoras que foram encaminhas para o concurso:

1º Lugar - Maísa Helena dos Santos Ribeiro:

São José dos Campos, 12 de março de 2010.

Bruna Soares de Lima
Rua: São Lucas nº 286
Bairro: São Judas Tadeu, São José dos Campos, SP.

Querida Bruna:

Estou lhe escrevendo esta carta porque estou com muitas saudades de você e também porque precisamos por as fofocas em dia. Como vão as coisas por aí? Aqui está tudo bem! Fiquei sabendo que você está namorando e que até aliança o menino já lhe deu. Fiquei muito feliz por você, amiga. Mas, agora, que está namorando, tem que se prevenir; por isso nunca deixe de usar preservativo.
Sabe, Bruninha, está cada vez mais comum adolescentes que têm sua primeira relação sexual sem nenhuma forma de proteção. Muitos deles falam que ter sua primeira relação sexual com o uso do preservativo é meio careta, mas nem imaginam os riscos que estão correndo.
Fiquei sabendo que a AIDS não é transmitida apenas através da relação sexual. Seu vírus também pode ser encontrado em seringas e em agulhas contaminadas. Existem também pessoas que já nasceram infectadas, isso ocorre quando o pai ou a mãe já são portadores do vírus da AIDS.
Fiquei surpresa quando o médico da minha mãe falou que a AIDS não tem cura, se contrair o vírus, o único jeito é se cuidar, pois ela apenas pode ser amenizada, controlada. Ele também falou que existem muitos casos de mortes, pois muitas vezes os portadores não se cuidam e deixam que o vírus da AIDS tome conta de seu organismo.
Sempre falo para meus amigos que a AIDS não escolhe homem ou mulher, menina ou menino, uma vez que teve uma relação sexual sem nenhuma forma de prevenção com uma pessoa infectada pelo vírus da AIDS, é provável que o indivíduo se contamine.
Nossa amiga, você não sabe o quanto é importante e prazeroso para mim, ter com quem dividir todas essas informações importantes. Muitas pessoas tem vergonha de falar sobre a AIDS, por isso é cada vez mais comum pessoas contaminadas pelo vírus da AIDS.
Nossa, Bruna, você não acha que seria interessante se tivessem palestras nas escolas para orientar os adolescentes? Diretores e professores poderiam reunir-se e montar um tipo de projeto para orientar e também para apoiar psicologicamente alunos contaminados pelo HIV, para que não tenha entra os alunos nenhuma forma de preconceito contra os aidéticos.
Seria uma boa se debatessemos esse assunto em sala de aula entre alunos e professores. Os alunos poderiam apresentar suas opiniões e tirar dúvidas sobre o tema para que fossem orientados da melhor forma possível.
Acho que seria bem legal, Bruna, levar nessas palestras pessoas que aprenderam a conviver com o vírus da AIDS, para darem um exemplo real para os adolescentes, principalmente, para aqueles que não têm consciência de que esse é um problema grave. Assim, os adolescentes perceberão o quanto é importante se prevenirem quando tiverem relações sexuais, percebam que esse pequeno esforço de se prevenirem pode evitar um sério problema para o resto de suas vidas.
Essa é uma idéia muito boa, não acha? Você deveria conversar com a direção de sua escola e propor que esse assunto seja estudado em sala de aula. Assim, todos da sua escola seriam orientados e correriam menos riscos de serem contaminados pelo vírus HIV.
É interessante lembrar, Bruna, que, quem já é aidético, ou seja, já é portador do vírus da AIDS, tem que se prevenir também, para não passar o vírus adiante.
Bruna, é com muita alegria e saudades de você que encerro esta carta. Alegria, por ter uma pessoa tão especial e importante com quem posso contar em todos os momentos; saudades, porque faz tempo que a gente não se vê. Procure aparecer aqui em casa, estarei esperando sua visita.
Ah, só mais uma coisa: Previna-se!

Abraços de sua amiga,
Maísa Helena dos Santos Ribeiro.

Nenhum comentário: