sexta-feira, 17 de setembro de 2010

DÊ UMA GUINADA EM SUA AULA!

Todo professor tem como objetivo, meta e  outros até sonham com o dia em que conquistarão a atenção de seus alunos, com o dia em que despertarão neles o interesse pelos temas discutidos em sala de aula; por isso quero dividir com todos, esse momento pelo qual estou passando.
Desde o 2º bimestre, tenho realizado conversas dirigidas a respeito do tema Sexualidade e o ponto de partida para o trabalho, foi a leitura do livro UM SONHO DENTRO DE MIM, de Júlio Emílio Braz. Ao longo, do trabalho percebi o interesse dos alunos e a falta de informação sobre o tema.
O livro fez muito sucesso entre a garotada e também foi ponto de partida para novos trabalhos. A leitura foi realizada durante as aulas, líamos juntos e comentávamos os desafios pelos quais a personagem passou. O livro aborda  temas como Namoro, Prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, à Gravidez, Preconceito entre outros. Adorei o trabalho e os alunos também.
Neste 3º bimestre, meu projeto de escrita com os alunos dos 8ºs anos é a produção de textos informativos e jornalístico, com ênfase na produção de reportagens. Mas como despertar o interesse da turma e envolvê-la no processo de escrita? Essa foi minha indagação inicial.
Descobri, ao longo de minha carreira, que se o professor deseja envolver seu aluno num projeto de escrita, é necessário muito mais do que apresentar bons modelos de textos, trabalhar a estrutura do gênero e os recursos linguísticos, é preciso oferecer algo mais, é preciso trazer o aluno para você, fazê-lo entender que a produção de um texto só faz sentido quando temos algo a dizer, quando  temos um objetivo com aquele texto.
Com o trabalho com a língua, aliado ao projeto Adolescência Saudável, tornou-se mais instigante e desafiador para meus alunos, a partir do momento que abri espaço nas minhas aulas para que pudessem participar de palestras, realizar visitas e conversar sobre o tema de interesse deles, a Sexualidade.
Foi um bimestre agitado e ainda não terminou, mas sei que estou no caminho certo. Então, meu amigo professor, procure observar, ouvir seu alunos e atender suas necessidades; assim estará muito próximo de conquistar seu sonho: despertar a atenção e o interesse de seus alunos pelas suas aulas.
Espero que com meu relato não tenha demonstrado arrogância ou prepotência;pois apenas pretendia dar uma dica, uma sugestão para amenizar os conflitos e, principalmente, a frustação, que surge ao percebermos que não atingimos nossos objetivos.
Um abraço,
Profª Francisca
Um abraço

Nenhum comentário: