quinta-feira, 28 de julho de 2011

JOGOS DE LEITURA – ATIVIDADE DE LEITURA COM O GÊNERO CONTO

Amigos professores:

Uma pequena dica de como trabalhar o conto VENHA VER O PÔR-DO-SOL, de Lígia Fagundes Telles:

O ideal, antes de iniciar essa atividade de leitura, é apresentar o livro onde o conto foi publicado, e perguntar se os alunos conhecem a obra e a autora. A partir do título do conto, questione com a turma qual será o assunto da história e o enredo.
Valorize a autora divulgando um pouco sobre sua biografia. Depois desse momento de sensibilização, inicie a organização da turma para a realização do jogo.

- Abaixo estão 5 fragmentos do conto e questões sobre cada um dos fragamentos. Imprima e produza cartelas, conforme o número de grupos que desejar formar em sala de aula.
É possível formar apenas 6 grupos e cada grupo ficar responsável por cada uma das partes do conto ou  formar para cada parte da história dois grupos diferentes e comparar as respostas elaboradas.
Cabe ao professor, analisar as questões e selecionar aquelas mais apropriadas a maturidade de sua turma.
A medida que o professor faz a leitura do fragmento proposto, ele lança as cartelas para os grupos com as questões. Por isso, acho que a minha proposta de escolher mais de um grupo para responder as mesmas questões é mais apropriada para a dinâmica do JOGO.
Após a participação dos alunos lendo suas respostas, que poderão ser registradas num painel, o professor dá continuidade à leitura fazendo a checagem das respostas.
Após a conclusão do jogo, o professor conclui a leitura do conto sem pausas, procurando deixar os comentários para o final.

Amigos, não achei necessário elaborar perguntas sobre outras partes do conto, porque o objetivo é apenas despertar o interesse do aluno sem tornar a aula enfadonha.
Espero que alcancem o objetivo de incentivar a leitura dos seus alunos.
Um abraço,
Prof.ª Francisca



I - Fragmento do Conto
“Ela subiu sem pressa a tortuosa ladeira. À medida que avançava, as casas iam rareando, modestas casas espalhadas sem simetria e ilhadas em terrenos baldios. No meio da rua sem calçamento, coberta aqui e ali um mato rasteiro, algumas crianças brincavam de roda. A débil cantiga infantil era a única nota viva na quietude da tarde.”
Questionamentos:
1-   Quem você acha que é ELA? Uma criança, adolescente ou uma adulta?
2-   Para aonde estará indo?
3-   A ação ocorreu em que período do dia?
4-   Dá para saber em que tipo de bairro ela está? É um lugar movimentado? Explique.
5-   Você não sabe o significado de alguma palavra. Copie-a e pesquise o seu significado.
6-   O que a  autora quis dizer com o trecho ”a cantiga infantil era a única nota viva na quietude da tarde”?




II – Fragmento do Conto

“Ele a esperava encostado a uma árvore. Esguio e magro, metido num largo blusão azul-marinho, cabelos crescidos e desalinhados, tinha um jeito jovial de estudante.”
Questionamentos:
1-   Quem você acha que é ELE? Uma criança, adolescente ou um adulto?
2-   Por que estaria esperando por ELA naquele lugar? Teria alguma intenção? Qual?
3-   Que efeito causa no texto o uso de pronomes para se referir aos personagens?
4-   Você não sabe o significado de alguma palavra. Copie-a e pesquise o seu significado.


               


III – Fragmento do Conto
“__ Minha querida, Raquel.
Questionamentos:
1-   O que o uso do adjetivo querida  nos revela?
2-   Como você acha que ela respondeu essa saudação?
3-   Que tipo de relação pode haver entre essas duas pessoas?
4-   Você acha que eles teriam marcado um encontro naquele local?
5-   Quem marcou o encontro?









IV – Fragmento do Conto
“Ela encarou-o, ..................... E olhou para os próprios sapatos.”
Complete
Após a saudação inicial feita por ELE, o texto diz que ELA o encarou. Que adjetivo você acha que estaria adequado para completar o texto, considerando que depois dessa ação, ela abaixou a cabeça e olhou para o próprio sapato? Complete o texto com um adjetivo que considere adequado.



V – Fragmento do Conto
“- Veja que lama. Só mesmo você inventaria um encontro num lugar destes. Que ideia, Ricardo, que ideia! Tive que descer do táxi lá longe, jamais ele chegaria aqui em cima?”
 Ele riu entre malicioso e ingênuo. 
Questionamentos:
1-   Pela fala de Raquel, é possível deduzir  como a personagem se sente em relação a escolha do lugar  para o encontro? Como ela se sente? (Use adjetivos para descrever os sentimentos da personagem).
2-   Que significado teria o sorriso de Ricardo?

VI – Fragmento do Conto
“--Jamais? Pensei que viesse vestida esportivamente  e agora me aparece nessa elegância! Quanto você andava comigo, usava uns sapatões de sete léguas, lembra?
-- Foi para me dizer isso que você me fez subir até aqui? – perguntou ela, guardando as luvas na bolsa. Tirou um cigarro. – Hein?!”
Questionamentos:
1-   De que maneira Ricardo se refere ao passado de Raquel?
2-   Pela resposta de Ricardo, é possível deduzir se ainda existe alguma relação entre os dois?
3-   O que deve ter mudado na vida das personagens?
4-    Qual deles parece estar em melhor condição? Por quê?
5-   Após esse diálogo, como continuará a história? Escreva. (10 linhas)

Nenhum comentário: