terça-feira, 10 de agosto de 2010

SUGESTÕES DE ATIVIDADES

AGOSTO É MÊS DO FOLCLORE

Para resgatar as histórias que o povo conta, convide seus alunos para participarem de algumas atividades que contribuirão para o desenvolvimento da linguagem oral e da linguagem escrita. Sinta-se à vontade para aplicá-las em sala de aula, mas não deixe de enviar-me o seu comentário.

PLURALIDADE CULTURAL

ATIVIDADE DE PESQUISA E PRODUÇÃO DE TEXTOS PARA MONTAGEM DE UM LIVRO DE HISTÓRIAS FOLCLÓRICAS

1ª Parte:

1- Converse com seus avós, tios, pais ou até vizinhos, de preferência, idosos e veja se eles têm uma história do arco-da-velha para lhe contar. Para apresentar essa(s) história(s) para a turma, você poderá gravar ou filmar a pessoa lhe contando a história. Caso não tenha recurso para gravar ou filmar, faça anotações e reconte-a para a turma.
Transcreva uma das histórias ouvidas, gravadas ou filmadas por você. Faça a revisão do texto, digite-o e não se esqueça de digitar também o nome do contador, sua idade e o nome da cidade ou estado de onde a história tem origem. Ilustre a história.

2- Pesquise sobre o autor Antonio Henrique Weitzel (sua biografia e obras).
Leia o causo O defunto vivo e escreva uma nova versão para essa história. Em sua re-escrita mude o narrador que poderá ser qualquer um dos caronas. Não se esqueça do ditado popular: Quem conta um conto aumenta um ponto. Ou seja, você poderá fazer alterações no enredo do causo, portanto, poderá deixá-lo trágico ou cômico. (Atividade de produção será feita na sala de aula).


3- Você já ouviu histórias de pescador. Procure conversar com uma pessoa que gosta de pescar e peça-lhe que conte a você alguma aventura ocorrida numa pescaria. Para apresentar essa(s) história(s) para a turma, você poderá gravar ou filmar a pessoa lhe contando a história.


4- Você conhece alguma pessoa idosa que tenha nascido e morado na roça? Peça-lhe que lhe conte uma história de assombração da região onde morou. Para apresentar essa(s) história(s) para a turma, você poderá gravar ou filmar a pessoa lhe contando a história. Caso não tenha recurso para gravar ou filmar, faça anotações e reconte-a para a turma.

Transcreva uma das histórias ouvidas, gravadas ou filmadas por você. Faça a revisão do texto, digite-o e não se esqueça de digitar também o nome do contador, sua idade e o nome da cidade ou estado de onde a história tem origem. Ilustre a história.

Nenhum comentário: