quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Modelo de texto para apoio em comunicação oral

TEXTO DE APOIO PARA COMUNICAÇÃO ORAL


OBJETIVO: Participar de roda de leitura conversa para divulgação de informações sobre a Exploração do Trabalho Infantil.


A reportagem que li Macapá tem mais de 3 mil denúncias de trabalho infantil foi publicada no dia 14/09/2015, no site G1.


Essa reportagem é ótima, porque  ficamos sabendo os dados do IBGE, que confirmam que Macapá tinha em 2010 o maior índice de trabalho infantil dentre as capitais do Norte do Brasil.


A capital do Amapá concentra 56% dos casos no estado, representando o maior índice entre as capitais na região Norte, segundo o MPT (Ministério Público do Trabalho).


No total, segundo o Ministério Público do Trabalho, são mais de 3,1 mil crianças e adolescentes de até 12 anos que estão em condições de trabalho infantil.


A ocupação de guardador de carro lidera o ranking de trabalhos exercidos por crianças e jovens.Em seguida, estão os trabalhos na agricultura e serviços domésticos. Você sabia disso?

De acordo com o procurador do Trabalho Rafael Mondego, por causa das deficiências encontradas na rede de proteção à criança e ao adolescente, um plano foi montado para a realizar as ações para combater o Trabalho Infantil no município.


Segundo o gerente nacional do plano de combate ao trabalho infantil do MPT, procurador de Trabalho Thiago Ranieri, o que dificulta o combate à exploração é a de união entre os órgãos como o Conselho Tutelar, Secretarias da Juventude e Projetos Sociais, porque dificulta o desenvolvimento das ações.

Você sabe o que é o Conselho Tutelar? É um dos órgãos de defesa da criança.


O MPT apresentou uma proposta de Termo de Ajustamento de Conduta à prefeitura exigindo ações mais eficazes para tirar as crianças e adolescentes daquela situação. Caso o município não aceite a proposta, uma ação civil será ajuizada contra a prefeitura de Macapá.

Para finalizar, a informação que mais me chamou a atenção foi que “A ocupação de guardador de carro lidera o ranking de trabalhos exercidos por crianças e jovens.”
A solução que eu achei para o problema, vai além de denunciar fazendo uma ligação, podemos mandar e-mail para  órgãos de  defesa contra a exploração do trabalho infantil, como o Conselho Tutelar e outros como o o Ministério Público do Trabalho, que age em defesa da criança e do adolescente e contra o trabalho infantil, e pedir intervenção das autoridades e conselheiros para tirar as crianças da situação de exploração.


Fonte:http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2015/09/macapa-tem-mais-de-3-mil-denuncias-de-trabalho-infantil-diz-mte.html

David Homer Martins - 7º ano B

Nenhum comentário: